GOOGLE ADS: O NOSSO PRIMEIRO HERÓI DO MARKETING

 em Artigo, Branding, Marketing, Marketing Digital, Planejamento Estratégico, Publicidade, Site, Ux Design

Olá, leitores assíduos dos insights da Braga Design! Este é o começo de mais uma série que vai te levar ao próximo nível do marketing digital. Hoje vamos desvendar cada um dos tipos de anúncios do google ads e como fazer uma campanha de qualidade em cada um deles.

O Google Ads é um dos veículos de publicidade online de todo o mundo. Sim, sem exagero. É ele o responsável por todos os anúncios que aparecem nos sites que você visita e nos primeiros resultados de busca do google.

Partindo do princípio que você oferece um bom produto, com valores competitivos, o Google Ads é uma poderosa ferramenta de vendas e nunca deve ser subestimada. Se uma campanha for feita corretamente e com as palavras chaves de qualidade voltada para a persona certa, não tem erro, é só venda. Além disso, através de campanhas de anúncio do google ads você pode coletar muito mais dados sobre a sua persona e entender o erro caso uma campanha não atinja o resultado desejado.

QUAIS OS SUPER PODERES DO GOOGLE ADS? TIPOS DE ANÚNCIOS!

Existem diversos jeitos de anunciar online pelo google ads. Os tipos de anúncios determinam onde o seu ads vai aparecer, se na lista de resultados de pesquisa do google, em banners durante a sua navegação em aplicativos ou até mesmo durante vídeos do Youtube. Vamos conhecer um pouco sobre eles agora.

  • Rede de Display: A rede de Display é uma rede imensa de sites parceiros do google para a exibição dos anúncios gráficos da campanhas de google ads. Aqui você pode criar diversos formatos de anúncios, contendo textos, imagens e vídeos. A Rede Display vai te ajudar a captar clientes que tenham interesse pelo seu negócio, enquanto navegam nos sites da rede.
  • Rede de Pesquisa: Um dos mais importantes tipos de anúncios. Ele determina em qual momento e sob qual palavra-chave o seu anúncio vai aparecer nas pesquisas do google. Aqui, os seus ads vão aparecer para pessoas que estão interessadas diretamente ao seu negócio, já que elas vão estar procurando palavras-chave associadas a ele.
  • Youtube: O Youtube se tornou uma rede social muito utilizada e número de usuários e interações continua crescendo. Por isso, investir em algum formato de anúncio por lá é uma boa opção que está disponível no google ads. É possível anunciar em canais com mais audiência que grandes emissoras de tv.
  • Aplicativos: Por fim, os anúncios que aparecem em aplicativos. Também são uma boa opção para um público que seja mais jovem e que utiliza muitos apps de jogos, como exemplo.

SEGMENTAÇÃO PODEROSA: QUEM VÊ MEUS ANÚNCIOS?

Dentro do google ads você pode segmentar pra quem o seu anúncio aparece com detalhes. Existe uma segmentação por idioma, local, idade, por palavra-chave, horário de exibição, localização do anúncio na página, público-alvo e muitos outros. No fim, o google ads te dá todos os recursos pra atingir diretamente a sua persona. Além disso, existe a opção lookalike.

Você já ouviu falar do Lookalike do Google Ads? Vamos pensar assim, imagine que você segmentou seu público pelos itens que descrevi acima. Os seus anúncios vão atingir este público primeiro e tudo certo. Mas além disso, a opção lookalike permite que você atinja pessoas que se parecem com o público que você descreveu. Assim, a sua campanha atinge muito mais gente que pode se interessar pelo seu produto.

REMARKETING: O MAIOR PODER DO GOOGLE ADS

Já falamos de remarketing em outras postagens aqui do blog, mas é no google ads que ela tem o seu poder central. O Remarketing se trata de mostrar com mais frequência um anúncio que você fez no google ads para uma pessoa que abriu/visitou o seu site/blog/ecommerce. No google ads, o remarketing é dividido em diversos tipos:

  • Remarketing padrão: É o remarketing básico que aplica o que expliquei anteriormente. O usuário que visita o seu site recebe seus anúncios nos sites cadastrados da rede de display.
  • Remarketing dinâmico: Esse é mais voltado para os ecommerces. O google ads gera anúncios com os produtos que o visitante acessou no site do ecommerce.
  • Remarketing para dispositivos móveis: Anúncios de remarketing personalizados para quem acessa o site com a visualização para mobile.
  • Lista de remarketing para anúncios da rede de pesquisa: Exibe com mais frequência o seu anúncio da rede de pesquisa depois do visitante sair do seu site.
  • Remarketing em vídeo: Para quem tem conta com vídeos no youtube, o visitante recebe com mais frequência seus anúncios depois de ver um dos seus vídeos.

ANÁLISE DE DADOS NO GOOGLE ADS: O QUE TENHO A DISPOSIÇÃO?

O que vimos em outras séries sobre marketing digital é que a análise nunca pode parar. Afinal, como sabemos que uma campanha do google ads deu ou não certo sem prestar atenção nos dados? Uma das grandes vantagens do marketing digital é que há uma coleta de informação constante, o que facilita na hora de descobrir se algo deu certo ou errado.

CAC: O Custo de Aquisição de Cliente é um dado que precisa ser analisado de 3 em 3 meses no mínimo. Calcule quanto está te custando (incluindo a verba pra campanhas de marketing online) para o cliente chegar até você e comprar. Esse índice vai te dar uma boa ideia se os seus investimentos estão ou não dando certo.

Relevância ( ou Índice de Qualidade): A relevância do seu anúncio é o que o google calcula para saber se o ele é realmente importante para quem está buscando a palavra-chave registrada. O ideal é que você utilize a key word principal tanto no seu anúncio quanto na sua página de destino.

CTR: Click Through Rate é o cálculo dos cliques que o seu anúncio recebe dividido pelo número de vezes que ele foi exibido por aí. Esse índice serve para calcular se o seu anúncio está aparecendo para o público certo e se o público em questão o considera importante.

Além disso, você pode escolher entre CPC (custo por clique) ou CPM (custo por mil). A estratégia de CPM é voltada para aumentar a visibilidade dos seu negócio. Você paga a cada mil visualizações do seu anúncio. Mas se você tem uma verba limitada e precisa converter o seu investimento em vendas, a melhor opção é o CPC. Você paga apenas quando o usuário clica no seu anúncio. Após o clique é importante ter uma boa estratégia de marketing, um bom conteúdo e um belo design para converter novos clientes. A Braga Design pode te ajudar a criar estratégias de sucesso.

O CUSTO VALE A PENA? CALCULE O ROI

Por fim, vamos falar um pouco sobre ROI: Retorno sobre Investimento. Esse é um outro índice importante a ser avaliado depois de fazer uma campanha. Através dos diversos dados que o Google Ads e o Google Analitycs te dão acesso é possível calcular com bastante precisão o que está dando retorno ou não.


Nós já discutimos um pouco sobre diversas estratégias na nossa série baseada em Star Wars, Torne-se o mestre jedi do marketing digital. Já nessa série vamos abordar um pouco mais de perto os maiores heróis dos anúncios online: o Google Ads, Face Ads e Instagram Ads. Então continue acompanhando nossa série para entender a fundo cada uma dessas ferramentas poderosas para o seu empreendimento.

 

Vamos desvendar e aplicar juntos cada uma das nossas dicas e conquistar o primeiro lugar nas buscas do google!

 

VEM PARA O LADO BRAGA DA FORÇA

 

Se você tem mais dúvidas sobre marketing digital e estratégia, continue acompanhando nossas postagens e se inscreva nas nossas news letters. Recomendamos que você acompanhe nossas séries de postagens para vencer o chefão do marketing digital. Só clicar aqui!

Postagens Recomendadas
Fale com a gente

Envie a sua mensagem. Responderemos em breve.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Google Bots Braga Design Page Rankagência de marketing digital